Ricardo ignora pretensões políticas de Lígia: ‘É uma filosofia muito profunda para mim’

O governador Ricardo Coutinho (PSB) ignorou as declarações da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) sobre as pretensões dela de disputar o governo do estado nas eleições de outubro. O socialista ainda admitiu que até o fim de junho, mais nomes da chapa de João Azevedo, pré-candidato a governador do PSB, podem ser anunciados.

O chefe do executivo estadual alegou falta de compreensão nas intenções de Lígia Feliciano de entrar na disputa eleitoral de outubro.

“Eu vou evitar comentar porque eu nem entendi, imagina o povo. É uma filosofia muito profunda para mim. Não tenho densidade filosófica para isso não”, argumentou.

Ricardo sustentou que as articulações do PSB para o pleito de outubro estão sob o comando de João Azevedo, mas acreditou que até o final do mês novos integrantes da chapa majoritária devem ser conhecidos.

“Nós temos tempo, quem comanda isso é João Azevedo, mas é provável que algum nome ou outro seja anunciado. O que estamos entendendo é que essa eleição é muito apropriada para o conflito democrático de posturas e projetos. Essa não vai ser uma eleição de fulano contra sicrano. Vai ser uma eleição da Paraíba que era antes e do que ela é hoje. O debate é esse”, concluiu.