PSG decide aguardar evolução de Neymar para decidir sobre tratamento da lesão

Ao menos até o próximo sábado, não teremos novidades sobre a situação de Neymar. Essa foi a data definida pelo departamento médico do Paris Saint-Germains, em conjunto com Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, para um ultimato no que diz respeito ao tratamento da lesão do jogador. O plano é acompanhar a recuperação dele até o dia 2 de fevereiro, data em que a nova fratura no pé direito completará 10 dias.

Uma cirurgia seria o último recurso. Caso Neymar apresente qualquer sinal de evolução nos próximos quatro dias, a tendência é de que o tratamento convencional – com fisioterapia e exercícios moderados – seja mantido.

O brasileiro foi examinado por Lasmar nesta terça-feira. Exames iniciais já haviam constatado uma fratura no quinto metatarso do pé direito, mas o clube convidou o médico da seleção para dar sua opinião antes de definir o que fazer – até porque foi Lasmar que comandou a operação do jogador em março do ano passado, curiosamente no mesmo local da nova lesão.

Neymar se machucou na vitória do PSG por 2 a 0 sobre o Strasbourgna quarta-feira da semana passada, pela Copa da França. Ele precisou ser substituído por Diaby na ocasião.