Em jogo atrasado, Santos sai na frente, mas permite reação e empata com Vasco

O JOGO

Em jogo atrasado da longínqua terceira rodada, Santos e Vasco empataram em 1 a 1 na noite desta segunda-feira, no Pacaembu. A equipe do Peixe começou com tudo a partida e abriu o placar com Pituca, mas na segunda etapa viu o time cruz-maltino crescer na partida e conseguir o empate com Andrés Ríos. O santistas lamentaram a chance perdida de subir mais na tabela, e os vascaínos vibraram com o ponto importante na luta contra o rebaixamento.

PANORAMA

O Santos chegou a 33 pontos e está na 11ª posição, a nove pontos do G-6. O Vasco, agora com 29 pontos, mantém o 16º lugar, agora com um ponto de vantagem para a Chapecoense. Domingo, às 16h, o Peixe recebe o Atlético-PR na Vila Belmiro. Na segunda-feira, às 20h, os cruz-maltinos vão até Curitiba enfrentar o lanterna Paraná.

RENDA E PÚBLICO

Público pagante: 11.190 pagantes (12.985 presentes); Renda: R$ 318.336,50

PRIMEIRO TEMPO

O Santos apostou na velocidade de seus homens de frente e tentou pressionar o Vasco desde o início. Após cruzamento, Gustavo Henrique acertou uma cabeçada na trave de Martín Silva. Era o cartão de visitas do Peixe, que seguiu com mais posse de bola e criou chances, principalmente em bolas paradas, mas só abriu o placar aos 43 minutos. Após bom cruzamento de Rodrygo, Sánchez mandou de cabeça para o meio da área e Pituca mandou para dentro do gol. O Vasco, com uma postura mais defensiva, teve apenas duas oportunidades. Com Rafael Galhardo, em cobrança de falta, e em um chute de perna esquerda de Andrés Ríos.

SEGUNDO TEMPO

Em desvantagem, o Vasco se viu obrigado a tentar mais o ataque, e criou algumas chances. Ríos recebeu bom cruzamento de Henrique, mas vacilou na finalização, assim como Pikachu após passe de Giovanni Augusto, outro que desperdiçou de frente para o gol. Gabigol tentou aproveitar os espaços e, em jgada individual, teve boa oportunidade, mas Martín Silva defendeu. O Vasco conseguiu o empate aos 33. Pikachu deu ótimo cruzamento para Ríos, e o argentino mandou uma cabeçada certeira. O Peixe ainda tentou pressionar no fim, mas a defesa adversária conseguiu se virar e o jogo terminou empatado.

A PRIMEIRA VEZ DE PITUCA

Os torcedores santistas deixaram o Pacaembu tristes com o empate, mas a partida foi especial para Pituca, que marcou seu primeiro gol com a camisa do Peixe. Gabigol, que havia marcado três no duelo com o Vasco no Maracanã, desta vez passou em branco, apesar de ter criado algumas oportunidades.

RÍOS FAZ O PAPEL DE GOLEADOR

Sem Maxi López, que estava suspenso, coube a outro argentino o papel de centroavante do time. Andrés Ríos conseguiu cumprir sua função e fez o gol de empate, de cabeça, após bom cruzamento de Pikachu. Ele, que também havia balançado a rede contra o Flamengo, já marcou sete neste Brasileiro.

Redação