Belo sofre primeira derrota na Copa do Nordeste, mas segue líder

O Náutico levou a melhor contra o Botafogo-PB e permanece vivo na Copa do Nordeste. Nesta quinta (22), o clube pernambucano venceu por 1 a 0 e deve ir para a última rodada com chances de chegar, pela primeira vez, nas quartas de final na volta da competição regional, em 2013.

Com o resultado desta quinta-feira (22), o Náutico chega aos sete pontos no Grupo C, dois a menos que o Bahia, primeiro na zona de classificação. Na última rodada, o Timbu pega o já eliminado Altos-PI, em Teresina, na próxima quinta (29). Já o Belo, que tem 10 pontos, enfrenta o Bahia no Almeidão, em João Pessoa.

Com um time formado praticamente por reservas, o Náutico teve um desempenho muito positivo. Da equipe principal, só o goleiro Bruno, o zagueiro Camutanga e o volante Josa entre o 11 que começaram a partida. Mesmo assim, o time soube ser eficiente.

O Jogo

Foram três chances claras no primeiro tempo, contra apenas uma do Botafogo-PB. Em uma delas, saiu um golaço de Rafael Assis, que deixou o Timbu em vantagem na etapa inicial.

Os primeiros 25 minutos foram frenéticos, com seis lances de perigo. Júnior Timbó, Clebinho e Odilávio chegaram logo no início, mas foi o Belo que teve a primeira melhor chance. Com 19 minutos, o goleiro Bruno fez dois milagres.

No primeiro, em chute contra do zagueiro Camutanga. Na sobra, fechou a barra em arremate de Nando. O Náutico respondeu logo no minuto seguinte. Em falta fechada de Júnior Timbó, Saulo defendeu. Na sobra, Odilávio cabeceou e a bola bateu na trave.

Com 23, mais uma defesa de Bruno, dessa vez em chute de fora da área de Marcos Aurélio. Melhor na partida, o Náutico acelerou no fim e conseguiu seu primeiro gol.

Aos 35, jogada individual de Rafael Assis, que driblou três defensores e chutou cruzado, sem chances para o goleiro Saulo. Três minutos depois, outra bola na trave, em arremate de longe de Jobson.

Na segunda etapa, o Botafogo-PB ficou com a bola da posse e tentou pressionar o Timbu, mas pouco ameaçou a meta do alvirrubro. O único lance de perigo do Náutico na segunda etapa foi aos 31.

Em contra-ataque rápido do Náutico, o goleiro do Botafogo-PB tirou. Na sobra, Rogerinho cruzou para Tharcysio, na pequena área, chutar por cima. Já o Botafogo-PB respondeu no final, aos 42, com cabeçada de Gladstone e defesa de Bruno.

Ficha Técnica

Penúltima rodada da fase de classificação da Copa do Nordeste

Náutico X Botafogo-PB

Arena Pernambuco

Escalação do Náutico

Bruno; Hygor, Camutanga, Camacho e Gabriel Araújo; Josa, Jobson (Luiz Henrique) e Júnior Timbó; Clebinho (Rogerinho), Odilávio (Tharcysio) e Rafael Assis. Técnico: Roberto Fernandes

Escalação do Botafogo-PB

Saulo; Felipe Cardoso, Gladstone, Lula e Daniel; Allan Dias, Djavan (Mário Sérgio), Hiroshi (Carlos Renato) e Marcos Aurélio; Dico e Nando (Rafael Castro). Técnico: Leston Júnior.

Arbitragem

Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios e Wendel Augusto Lino de Jesus Melo (SE)